143,273
Censurar links quebra a Internet
Os links são essenciais à liberdade de expressão online e os especialistas avisam que censurá-los destruirá a Web que conhecemos.

Diga aos reguladores para pararem as novas regras que restringem o direito de linkar.
Salvar o Link é alojado pela Open Media. Mantê-lo-emos informado acerca desta campanha e outras. Politica de privacidade (English).

A web sem links é como um mundo sem estradas.

Sem os links para encaminharem toda a gente pela Web as maravilhas da Internet estariam bloqueadas. Eles potenciam o Twitter, eles potenciam o SoundCloud, eles potenciam o teu blogue favorito: eles potenciam todos os sites que visitas. Os links são o que nos permite aceder à maior coleção do conhecimento humano e às maiores experiências que o mundo alguma vez viu com um clique de um botão.

Mas o link está sob ataque:
 

Os editores desatualizados dos meios de comunicação estão a conspirar com sucesso por todo o mundo para restringirem os links na Internet. A Espanha e a Alemanha alteraram recentemente as suas leis para aplicarem multas a links para websites de notícias. Os meios de comunicação independentes e os blogueiros não podem fazer o seu trabalho, estão a lutar, as pequenas editoras vêem os seus websites não listados e o acesso ao conhecimento é restringido. Agora, as empresas antigas dos meios de comunicação social têm pressionado os legisladores para aplicarem leis de censura do link em toda a UE.

 

Recentemente, a nossa campanha Salvem o Link ajudou a impulsionar o Parlamento Europeu a votar num inovador conjunto de recomendações, estabelecendo que os utilizadores e as empresas da Internet deveriam linkar livremente para o conteúdo e serviços da sua escolha.

Mas agora, a Comissão Europeia está criar novas leis que determinam como partilhamos e colaboramos online. Temos de nos assegurar que eles ouvem a comunidade da Internet e apoiam o direito ao link.

 

Os utilizadores da Internet de todo o mundo devem dizer não à censura do link antes que isso se transforme na nova norma.
A censura do link é um assunto global e estes planos estão a acontecer por todo o mundo.

Na Índia, o Governo bloqueia websites num processo com “escassez de vigilância e transparência independente.” O Supremo Tribunal rejeitou recentemente os desafios a este processo, apesar das críticas generalizadas.

 

Entretanto, nos Estados Unidos, os Grandes Meios de Comunicação Social têm travado uma longa guerra contra a Internet para protegerem o seu modelo de negócio desatualizado. Os lobistas e advogados têm lutado contra os motores de busca, pressionando intermediários para bloquearem o acesso a websites e tentando bloquear os links e aplicar controlos personalizados do tipo fronteira aos dados e linkagem.

 

Na Austrália, o governo aprovou recentemente legislação que lhes permite bloquear links para sites populares que alojem milhares de links para partilharem legalmente o conteúdo, tudo num esforço ineficaz para favorecer os grandes lobistas dos meios de comunicação dos EUA.

Se um destes esquemas de censura conseguir levar a melhor, ele irá prejudicar os serviços online com os quais contamos nas nossas vidas, no nosso dia-a-dia.

Nós sabemos que somos mais fortes quando a comunidade da Internet atua em conjunto – e à medida que emergem mais ameaças ao link é mais importante do que nunca que os utilizadores e organizações unam forças para defenderem o nosso direito ao link.



Cada esquema bem-sucedido para censurar os links enfraquece a fundação da Web. A pouco e pouco, eles adicionam algo que se assemelha à enorme firewall da China, a qual impinge diretamente sobre a liberdade de expressão, prejudica a economia, e suprime os dissidentes.



É tempo para os utilizadores da Internet e as organizações se juntarem para Salvar o Link.
143,273
Diga aos reguladores para pararem as novas regras que restringem o direito de linkar.
Salvar o Link é alojado pela Open Media. Mantê-lo-emos informado acerca desta campanha e outras. Politica de privacidade (English).

Quem somos

https://openmedia.org/ http://digital.org.au/ https://www.bof.nl/ http://copyright4creativity.eu/ http://cjfe.org/ https://creativecommons.org/ http://centrumcyfrowe.pl/ http://www.dailykos.com/ https://edri.org/ https://www.eff.org/ https://www.efa.org.au/ https://globalvoicesonline.org/ http://www.hiperderecho.org/hip http://leistungsschutzrecht.info/ http://www.indexoncensorship.org/ http://www.fark.com/ http://keionline.org/ https://www.kl.nl/en/ https://www.openrightsgroup.org/ http://www.gutenberg.ca/ http://webfoundation.org/ http://www.heliconbooks.com/ http://www.communia-association.org/ http://prince.org/ https://www.studentnetalliance.org/sna/ https://xnet-x.net/ http://www.hellocoolworld.com/ https://immi.is/ http://ipop.org.pk/ http://credoaction.com/ http://amicushq.com/ https://www.fightforthefuture.org/ http://www.creativecommons.uy/ http://www.articaonline.com/ http://genwhymedia.ca/ https://accesolibre.red/ http://www.cstreet.ca/ http://movimentomega.org.br/ https://www.blacknight.com/ https://www.popularresistance.org/ http://www.pculture.org/ http://rootsaction.org/ http://www.agentic.ca/ https://content.bytesforall.pk/ https://baaroo.org/ https://karisma.org.co/ http://democracy.net.ph/ https://www.publicknowledge.org/ https://www.tunnelbear.com/ http://www.scoop.co.nz/ https://www.facebook.com/clf.eg http://www.comunidadtic.com.ar/wp/ https://www.thunderclap.it/ https://cippic.ca/ https://thecompassionclub.org/ http://openforumeurope.org/ http://pws.winstonsmith.org/ http://www.labl.org.uk/ http://storybubble.ca/ www.opennetkorea.org/ http://www.truetrust.co.uk/ http://www.permacultura-es.org/index.php https://www.nwprogressive.org/ https://www.piratenpartei.de/ https://panoptykon.org/ http://commsrisk.com/ https://www.apc.org/ http://www.supro.org/ http://stopbillc51.ca/ https://wikimedia.org.uk/ https://www.laquadrature.net/ https://www.expressvpn.com/ https://www.openmandriva.org/ https://evolution-host.com/ https://www.privateinternetaccess.com/ https://netzfreiheit.org/ http://www.kosson.ro/ https://cypherpunk.com/ https://nordvpn.com/ https://rlc.radicallibrarianship.org/ https://www.vpn.com/
Junte-se a nós
Recursos // Doar // Política de Privacidade